Como prevenir acidentes oculares em crianças

Acidentes oculares são situações cotidianas que, mesmo que pareçam simples, podem apresentar gravidade para a saúde dos olhos das crianças. Como os pequenos ainda estão em desenvolvimento, pequenas lesões podem acarretar em problemas no futuro.


Por isso, o oftalmologista Bruno Diniz, diretor da clínica Vistta Oftalmologia em Goiânia elaborou uma lista com 5 dicas para prevenir esse tipo de acidente. Ele ainda recomenda o que fazer nessas ocasiões. Confira:



  1. Tenha cuidado especial com os produtos de limpeza, que podem causar queimaduras oculares se entrarem em contato com os olhos. O ideal é mantê-los fora do alcance das crianças, em armários trancados e prateleiras altas. Em caso de contato desses produtos com os olhos, a primeira providência é lavar com água limpa abundante. Se a limpeza não for suficiente, leve a criança ao oftalmologista e, se possível, leve consigo o frasco do produto. Isso irá facilitar que o médico identifique a melhor conduta a ser tomada.

  2. Quinas de móveis devem ser protegidas, para que não perfurem os olhos. Uso de brinquedos ou objetos pontiagudos, como caneta e lápis, somente para crianças maiores e sob supervisão de um adulto. Em caso de acidente, leve a criança imediatamente ao oftalmologista. Se houver perfuração, não tente remover o corpo estranho, deixe para o especialista analisar e tomar a decisão mais correta.

  3. Também deve-se ter cuidado com as plantas. Algumas são pontiagudas ou com espinhos que podem lesionar os olhos. Outras, têm substâncias que causam irritações oculares. Por isso, o ideal é manter as plantas fora do alcance das crianças. Se as medidas não forem suficiente e ainda ocorrer um acidente, assim como no caso dos produtos de limpeza, faça a limpeza com água abundante e, se necessário, busque um especialista. 

  4. Oriente as crianças quanto à higiene das mãos e para que evitem coçar os olhos. O ato facilita infecções que como o conjuntivite e desencadear doenças como ceratocone.

  5. Cuidado com brincadeiras com animais de estimação: os pelos podem causar irritação ou, em um movimento mais brusco, as garras do animalzinho podem ferir os olhos da criança. Nestes casos, enxague com abundância e, se a irritação persistir, leve ao oftalmologista. 

Envie-nos uma mensagem que entraremos em contato em breve.