5 fatos sobre as lágrimas

Uma das formas mais genuínas da expressão de sentimentos, as lágrimas também são essenciais para a saúde dos nossos olhos. Elas não são produzidas apenas quando ficamos emocionados, mas estão em constante produção pelas glândulas lacrimais. 


Quer saber mais? 


Então confira a seguir 5 fatos sobre as lágrimas!


1- Tem a função de ser um condutor de elementos químicos para a córnea, que é transparente e não possui vasos sanguíneos. A lágrima é responsável por oxigenar a córnea. Além disso, tem função de manter os olhos lubrificados, sem partículas estranhas.


2- As lágrimas são formadas por três camadas:



  • Camada lipídica – impede a evaporação excessiva da lágrima.

  • Camada aquosa – determina seu aspecto aquoso e lubrifica o globo ocular.

  • Camada de mucina – permite a aderência da lágrima à superfície ocular.


3- O lacrimejamento está dividido em três tipos:



  • Basal – ocorre constantemente e tem a função de manter a córnea bem nutrida úmida e livre de partículas estranhas. Tem enzimas, anticorpos e proteínas bactericidas que criam barreira de defesa contra os microorganismos.

  • Reflexo – quando há irritação pelo contato com substâncias como gás lacrimogêneo ou até mesmo a cebola. Também pode surgir quando há exposição dos olhos a luzes com brilho muito intenso e em episódios de bocejo.

  • Psicogênico – o que ocorre quando ficamos emocionados. 


4- A qualidade da visão pode ser afetada dependendo da estabilidade da lágrima que protege a córnea. Tanto o ressecamento quanto a produção excessiva podem ser prejudiciais e desencadear doenças oculares.


5- As glândulas controlam o lacrimejamento. Depois de produzida, a lágrima flui por canais chamados dutos excretórios em direção ao espaço que fica entre pálpebra e pupila. Quando piscamos, o líquido é espalhado e se acumula no chamado “lago lacrimal”, no canto interno do olho. É dali que ela escoa por meio do duto nasolacrimal, rumo às fossas nasais.

Envie-nos uma mensagem que entraremos em contato em breve.